Patricia Leal (they/them) is an artist originally from Recife, Brazil based in Ohlone land, Oakland, CA. Leal works primarily with video, sound and installation. Their practice has been influenced by places/spaces, as well as their interest in decolonial practices, poetry and the experience of migration. They hold a BFA from California College of the Arts. Leal has been selected for the 2019 ACRE residency, the 2018 Methods of Acti(ng)on: CCA Alumnx Residency and has been the recipient of a Creative Dissent fellowship at the Yerba Buena Center for the Arts. They have worked as a youth mentor in the Artists in Education program at Southern Exposure and have been member of CTRL+SHFT Collective, an artist-run space which centered women, trans, non-binary, queer and PoC artists in Oakland.

_português: 

Nascide em Recife, Pernambuco, e radicade na Baía de São Francisco, Califórnia, EUA, Patrícia Leal (elu/delu) é um artista multidisciplinar que desenvolve projetos utilizando principalmente os meios de vídeo, som e instalação. Seus trabalhos são bastante influenciados por espaços/localidades e tem como referência pensamentos decoloniais, poesia e sua experiência migratória.

É Bacharel em Artes-Escultura pela California College of the Arts e Bacharel em Direito pela UFPE. Foi selecionade para a residência ACRE (2019), Métodos de Ação-California College of the Arts (2018), e o programa de fellowship “Dissidência Criativa” na Yerba Buena Center for the Arts, São Francisco. De 2018-2021 foi membro do coletivo e espaço de artes CTRL+SHFT, plataforma que abarcava estúdios, exposições e programs dedicado a mulheres, pessoas trans e não-bináries, LGBTQI+, e pessoas racializadas. Vive e trabalha em território indígena Ohlone–Oakland, Califórnia.

email: patricia@patricialeal.art









Mark